Deputado Bira vota contra o congelamento de salários de professores e demais servidores públicos

Bira vota contra o congelamento de salários de professores e demais servidores públicos

Bira vota contra o congelamento de salários de professores e demais servidores públicos

 No Projeto de Lei Complementar n° 39, que trata sobre o auxílio emergencial para estados e municípios, o deputado federal Bira do Pindaré (PSB/MA) votou favorável ao auxílio e contrário ao congelamento de salários de professores e demais servidores públicos. 

O projeto, criado na Câmara Federal, foi para o Senado da República e, lá, modificado. Segundo explicou o parlamentar maranhense, os senadores incluíram como uma contrapartida, uma exigência do governo federal, o congelamento dos salários de servidores públicos para que os entes federados possam receber essas ajuda emergencial. 

“Em relação a ajuda aos estados e municípios nós votamos favoráveis. Entendemos que os estados e municípios precisam dessa ajuda nesse momento. E nós não poderíamos negar. E é importante porque eles sofreram uma brutal queda de receita dos estados e municípios, e isso compromete, inclusive, o funcionamento dos serviços básicos, como nas áreas de saúde, segurança e etc”, frisou.  

Agora, em relação o deputado votou contrário e foi taxativo ao se posicionar contra o congelamento de salários. “Essa contrapartida, exigida pelo governo, evidente que nós fomos totalmente contrários. Pedimos um destaque, ou seja, votamos o texto separadamente. Isso foi um destaque do meu partido, o PSB. Todos os partidos de oposição, acompanharam, votando contrários; mas, infelizmente, a base governista teve maioria e aprovou o texto como veio do Senado”, informou.